Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Amor eterno



Esta poesia de amor
que enche
meu corpo e alma
me leva a escrever o amor
que encante, acalente,
enfim, que crie
momentos felizes!

Um poeta que sonha,
sonha muito,
que perfuma corações
abertos a paixões,
escrevendo amor eterno,
quando eterno para mim,
apenas o de minha Mãe!

José Manuel Brazão



Minha saudosa Mãe
Como deves estar sorrindo para mim pelo evento do Blog.
Beijoooosss

Sem comentários: