Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 18 de outubro de 2011

A minha vida anoitece...

Sinto a nudez da noite,
que esfria a minha alma!

Sinto a noite perdida
entre sonhos
e imagens reais!

Sinto a noite esquecida
de outras noites belas,
de encanto, paixão,
amor,
muito amor!

Sinto a noite pervertida
causando dor
que mal aguento,
me entristece,
perdendo a alegria
que me fazia viver!

Sinto a noite
mais noite,
a minha vida anoitece…
… e não sei se amanhece!

José Manuel Brazão


* Um dos primeiros poemas da minha carreira e o segundo mais lido até aos dias de hoje! *

Muito obrigado à Poesia, aos leitores e aos Poetas.
Beijos e abraços  
José Manuel Brazão






Sem comentários: