Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

A Poeta eterniza-se

Num teu poema
que li e reli
senti a presença
dum grande talento!

Cruzámo-nos na Vida
e daí partimos
de mãos dadas
por Ela e pela Poesia!

Grande talento
e poeta de amor
tem as suas obrigações
perante os seus leitores,
que esperam as suas palavras
vestidas de amores
e a alegrarem os seus corações!

A Poeta pode parar,
viver e recomeçar;
nunca desiste
nem acaba,
a Poeta eterniza-se!

José Manuel Brazão

Continuando a comemoração do nosso aniversário
deixo aqui a minha gratidão à Poeta Anna Carvalho
que foi Autora residente deste Blog e muito o prestigiou
com a sua Poesia. 

Assim apresento o seu poema "Tuas mãos", que dedicou-me
quando o escreveu.

Beijo de gratidão
do ZÉ

Tuas mãos

Mãos que falam,sem dizer
nas tuas mãos tem vida,
vida transmitida em versos

Mãos benditas, que dão afeto
generosas mãos de homem,
que tecem letras encantadas

Mãos de amor, tocam no fundo
na alma da flor, benfeitor
trata da terra com ardor...

Dor...

Mãos que por vezes choram,
descrevendo lágrimas rimadas
na esperança de acalmar a alma

Mãos mensageiras do peito,
traduzem o coração da Mulher
-flores no jardim de teu amor-

Mãos iluminadas, tens na vida
missão certa: levar amor aos versos,
Ser o espelho do coração poeta!

Anna Carvalho



Nas mãos do Poeta

Nas mãos do poeta
existe a voz do coração.
Mãos com vida,
que choram, riem,
levam amor
ao coração da Mulher,
com versos floridos
de rosas
amarelas, vermelhas,
são rosas
do jardim do encanto,
junto do lago da paixão!

E nesta missão
sua alma se eleva,
outras acalma
por ser mensageiro
de amor nos versos
do seu coração poeta!

José Manuel Brazão

* Relendo o poema "Tuas mãos" da Poeta Anna Carvalho nasceu este poema singelo. *





Sem comentários: