Outros Blogs do meu grupo:

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Meu caminho

Caminho por mim...
Vestindo as cicatrizes
E sigo...
Ainda que o sol esconda
Seu brilho
E que a lua se recuse
A iluminar a noite.
E mesmo que meus olhos
Fiquem turvos
Sigo...
Expandindo-me
Sobrevivendo a loucos vendavais
Que desarrumam tudo dentro
Vou...
Na bagagem os velhos sonhos
Refletidos no brilho dos olhos
Porque coração
É menino vadio
Alma navegante
Que caminha errante
Mas sabe o que quer...
Quer voltar pra casa.

Glória Salles

Glorinha querida 
Uma profunda amizade que nos liga há anos. 
Tu e Celina Vasques as mais antigas Poetas brasileiras
e sempre presentes na minha Vida e também sempre
na equipa de Autores deste Blog.

Beijo com carinho 

do ZÉ

Sem comentários: