Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Calor humano

Pela minha parte sempre me preocupei com os que estão pior do que eu. Aprendi com o escritor brasileiro Paulo Coelho o simbolismo e a força que dá à palavra guerreiro .

Existem poucos guerreiros interessados em mudar as coisas. Mas com a persistência os poucos passarão a muitos, para as novas gerações testemunharem um mundo melhor que não envergonhe as actuais da herança que vão deixar.

Continuando o meu caminho serei um guerreiro com a atitude e a palavra, envolvidas por convicção .


José Manuel Brazão

Sem comentários: