Outros Blogs do meu grupo:

domingo, 16 de outubro de 2011

CHUVA (D) E REFLEXÃO

Alma há seculos perambulando
Tão necessitada, precisando travestir-se
Ser tomada de coisas boas, envolvida por cores
Intensidade diferente, sentir, viver atos de amor
Tantas coisas valem à pena e se perpetuam
Há um caos de felicidade no quintal ao lado
Aumentando a vontade de saber o que há... 
O que existe de maravilhoso que as pessoas colhem
Construindo suas próprias memórias
Reinventando o tempo de quem sabe e vive
Consumindo as entranhas de quem apenas olha

Beatriz Prestes
 em participação especial



Beatriz Prestes disse...
Que presentão mais precioso meu amigo!!
São momentos assim que fazem a vida valer de verdade a pena!
Eu me sinto honrada, pois é um imenso privilégio estar em teu blog, onde o talento corre solto!!!!
Obrigada por este presente que realmente me emocionou!
Obrigada e parabéns meu amigo, teu trabalho em poesia e junto à tantas poetas é magnífico!
Beijo carinhoso
Bea

2 comentários:

Beatriz Prestes disse...

Que presentão mais precioso meu amigo!!
São momentos assim que fazem a vida valer de verdade a pena!
Eu me sinto honrada, pois é um imenso privilégio estar em teu blog, onde o talento corre solto!!!!
Obrigada por este presente que realmente me emocionou!
Obrigada e parabéns meu amigo, teu trabalho em poesia e junto à tantas poetas é magnífico!
Beijo carinhoso
Bea

Renato Baptista disse...

Zé...

Poemas assim inspiram mesmo...mas tanto que escrevi aquele que no final virou uma bíblia...rs
A Beatriz transcende como poeta mesmo... justíssima homenagem amigo.

Abraços*
Renato Baptista