Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 29 de outubro de 2011

Reencontro

Nada como o tempo para curar feridas
Velhas desavenças
Indiferenças
Hoje te reencontro
Depois de algum tempo 
E tudo parece diferente
Nada mais é como antes
Mas o amor ainda permanece
O sorriso ainda brilha
O coração ainda pulsa
Ainda és quente como o Sol
Fascinante como a Lua
Revolto como o Mar
Ainda és capaz de me dominar
De me enfeitiçar
Toco em você e pareço flutuar
Beijo teus lábios
O mundo pára
Nada mais existe
Só dois corações que se amam
Que se querem
Agora te reencontro
E começa tudo de novo...


*Simone*
em participação especial

Sem comentários: