Outros Blogs do meu grupo:

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Trago a tua dor dentro do meu peito



Trago a tua imagem
no meu horizonte,
negra,
triste.

Trago a tua voz
dentro de mim,
trémula,
silenciosa.

Trago a tua lágrima
nos meus olhos,
que cai,
como um pedaço de alma.

Mas é no peito que trago a tua dor,
porque é no meu peito que te guardo.


Vanda Paz

Sem comentários: