Outros Blogs do meu grupo:

domingo, 9 de outubro de 2011

Dúvidas e marcas que poderão existir muma criança...


Meu querido menino. não há dia que nasça em que não pense em ti!

E penso sobretudo o que vai no teu corpo e na tua alma, quando vês que tiveste anos sabendo que a tua Mãe fazia também de teu Pai, que para ti era desconhecido.

Depois soubeste dum homem que para ti era "o meu papai", que está distante para além do mar e que eu amo mas não pode estar aqui junto de mim!

Entretanto esse homem preocupado com a imagem que estavas a formar dizia para a tua Mãe: e se ele sente e vê , que afinal não sou o Pai biológico?
Respondia-me que não me preocupasse, porque Deus evitaria essa pergunta!

Mas Deus não pode evitar tudo; na minha opinião ajuda o que for merecido!
Aqui apenas a criança seria merecedora.

E agora vês outro homem que te dizem ser o teu pai e te confundem!

É legítimo pensares: mas um menino pode ter dois pais?

Meu querido é natural que não; mas os adultos pelo seu egoísmo, pensando nos seus quereres e sentires e mesmo dizendo e citando: ... és tu carne da minha carne, coração do meu coração. Sangue de meu sangue, és a parte boa de mim... esquecem a memória estrutural da criança!

Sendo assim é também legítimo uma criança ecoar aos ventos: 
As crianças têm mais necessidade de modelos do que de críticas (Joseph Joubert).

Para ti minha rosa a florescer
um beijo especial  do ZÉ
José Manuel Brazão



Sem comentários: