Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Tiveste tudo para ser feliz!

Páras o olhar
nesse horizonte
em pôr do sol!


Meditas
no passado recente
- que agora está doente -
nos teus sentires,
desejos, sonhos lindos;
vês  tudo isso perdido
pelas tuas mãos!
Tens o Sol a anoitecer,
a Lua envergonhada,


Tua alma vagueia
sem saber para onde ir,
quando saiste do caminho certo.


Um destino, teu destino
Tiveste tudo para ser feliz!


José Manuel Brazão


Quando tentamos aplicar receitas fáceis àquilo em que se joga a nossa felicidade, não resolvemos nada. Essas “soluções” simples para dificuldades grandes acabam por ser formas de fugir e não de enfrentar: semeiam frequentemente tragédias em nós e à nossa volta, ainda que só se notem mais tarde, e transferem o nosso problema pessoal para o terreno pantanoso das torturas interiores, dos remorsos, da depressão, do vazio, do desespero.
Paulo Geraldo



Acalenta Parabéns Zé,quando temos tudo e jogamos fora ai fica dificil recuperar e ser feliz.
 abraço
Acalenta o teu comentário é por inteiro o espírito do poema!
Passamos a Vida na busca da felicidade e muitas vezes ela está mesmo junto de nós e deixamos ela partir...
 As oportunidades não se repetem!
 Beijo do


 Não desprezes a oportunidade; deves aproveitá-la, sofrer e vencer.(Amiel)



Sem comentários: