Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

És diferente!

Mulher que me encantou,
pela sua entrega
de corpo e alma,
buscando em mim
o afecto e o carinho,
para no seu caminho
encontrar a paz,
a sabedoria de vida
que tanto carecia!

De braços abertos
a recolhi,
a serenei, a protegi,
para seus olhos brilharem,
seus lábios sorrirem
e eu sentir
que o amor é mesmo assim...

Dois corpos, duas almas
que se encontraram
ou reencontraram
numa vida comum
em que um completa o outro!

Talvez em vidas passadas
se cruzassem,
se aproximassem,
mas chegou o momento certo
desse amor acontecer
e ambos dizerem numa só voz:
és diferente!

josé Manuel Brazão

* Mulheres que amei *


Sem comentários: