Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Singular

Não dá pra explicar
essa vontade louca
esse arder na boca
Que me faz entristecer

Não dá pra explicar
Essa saudade doida
que minha alma açoita
e me faz enlouquecer

Vontade de te ter
Vontade de não ser
essa pessoa
Inversa.
Inquieta.
Incerta.
Sem plural
Tão só.
Vontade de não ser eu
quando não tenho você..

Sandra Freitas

Sandrinha
Um dos poemas que gosto mais
na tua Poesia.
Beijokas do ZÉ

Blogger Despir disse...
Meu amigo mais querido, obrigada pelo mimo....
amo estar nesse cantinho especial..
bjokas
Sandra

1 comentário:

Despir disse...

Meu amigo mais querido, obrigada pelo mimo....
amo estar nesse cantinho especial..
bjokas