Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Ando triste!

Uns dias
pareço um Sol,
noutros dias
pareço uma escuridão!

Não sei
como estou assim,
eu, que sou um girassol,
procurando a Luz
e dou amor sem fim!

A vida é bela,
agarro-me a ela
para não ficar assim:
ando triste
e o amor?
Esse permanece intocável!

José Manuel Brazão

Sem comentários: