Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Foste

Foste
Quando era ainda tão cedo...
Não esperaste o teu entardecer
Foste quando ainda eras dia
Foste ainda primavera...

O que fizeste com teus sonhos?
Levou-os contigo?

O que fizemos sem ti?
Vivemos...

Quantas coisas perdestes nessa pressa de ir!
Quantas foram as que perdemos sem estares aqui ...

Foste
Quando em mim também era dia
Mas eu entardeci...

Vejo todos os dias o sol nascer aqui
E tu...o que vês aí?
Tua lua é a mesma que eu vi?

Foste
Antes do verão chegar
Não despediu-se do mar
Não deixaste tuas pegadas na areia
Mesmo que depois elas se apagassem
Não deixaste...

Olho o mar... tanta imensidão
Tanta beleza... tanta vida
Tantas vidas!!
Mas tu não estás aqui...

Foste... apenas foste...
Porque tinhas que ir
E nós ficamos sem ti
Porque já estava escrito
que seria assim...

regina ragazzi



Regi
 Já li muito poema de Regina Ragazzi até por razões de compromisso poético, mas este poema quando o li deixou-me... nem sei explicar!

 Fantástico, mas sabes de quem parte tentemos nunca perder o seu rasto! Mesmo que não volte!
 Beijoo do ZÉ

Sem comentários: