Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Vivo num monte cortando os vales

Vivo num monte cortando os vales
e de minha janela posso ver os mares
se encontrando em ondas distintas
causando partilha
construindo ilhas.

E as árvores que adornam o cenário
e emolduram o pacífico quadro
dividem a brisa em pinho e aquário
Nasce sol
Sol se põe...

... e o amado depõe os sentimentos mais íntimos
à casinha de onde ela lhe devolve um olhar intrínseco
do mais puro e verdadeiro amor

Vivo entre as folhas rasteiras
produzidas e cuidadas de forma certeira
pela natureza que sabe bem o fazer e o manter

Vivo entre os traços neutros desta tela
onde o céu arrisca tons mais brandos
para preencher todo o espaço em branco
dando ao instante cores mais belas

Vivo... com flores ao parapeito, na entrada
e nos seus cuidados, à sacada
observamos um novo verso repousando
nas dunas formadas do horizonte longo e plano...

... São vozes poéticas vindas do oceano
dividindo suas composições mais singelas.


 Jacqueline Collodo Gomes

Sem comentários: