Outros Blogs do meu grupo:

domingo, 13 de novembro de 2011

Deixa eu...

Deixa
na Vida
eu ser assim
quem sou!


Deixa
ser generoso
onde há egoísmo,


Deixa
ser tolerante
onde não há perdão!


Deixa
semear amor
onde ele não existe!


José Manuel Brazão




E se me deixares ser assim, como eu sou, as estrelas, vigilantes, dançarão, ao som de músicas celestiais, a alegria intensa contagiante, que envolverá todo o universo.:-))
Manuela Silva

Sem comentários: