Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

A voz do meu silêncio é o meu grito de alma!

A voz do meu silêncio
é o meu grito de alma
vivendo cada dia
de mente serena,
sempre sorrindo
em cada olhar,
gesto, atitude,
calando injustiças,
perdoando aqui e ali
e assim neste calar
não firo minguém!
Deixo o tempo
ser tempo...

José Manuel Brazão
  
* O silêncio é a gentileza do perdão que se cala e espera o tempo...
Autor não identificado



regina ragazzi disse...
Oi Zé! Vim ler seus poemas. Saudade de ler tão lindos e inspirados versos.Tálindo seu blog.
Dá vontade de ficar aqui lendo...lendo...lendo... rs.Beijo fraterno amigo

1 comentário:

regina ragazzi disse...

Oi Zé! Vim ler seus poemas. Saudade de ler tão lindos e inspirados versos.Tálindo seu blog.
Dá vontade de ficar aqui lendo...lendo...lendo... rs.Beijo fraterno amigo