Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 28 de janeiro de 2012

Lasca de Lua

A noite caiu
E nela apenas vejo
Aquela lua brilhante
Quase cheia
Tão me buscando

Ela chega
Linda e imperiosa
Abre espaços
Tomando posse
Avivando meus pensamentos

Recebo esse banho de luz
Que afaga e revigora
Aquece o meu peito
E minha vida se renova
Em suas réstias.
Hoje tão intensas
Infiltram-se sorrateiras
Nos cantos dos meus aposentos

E vestida dessa luz
Minha parede torna-se tela
Onde se refletem
Meus sonhos mais secretos
Manta prateada
Vestindo o meu corpo
De suave anoitecer

E fico assim pronta
Para livremente sonhar
Aconchegar-me docemente
No berço desta meia lua...
Quase cheia
Que fica a me chamar

Beatriz Prestes
em participação especial

Sem comentários: