Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Frenesi

Eis que me queima esse fogo
Me arde  por todo o corpo
Sob a fina transparência
Da veste que não me veste
Do vento que não me acalma

Eis que me entrego toda
Num deleite que extasia
Poro... pele...pelos ...corpo...
Deixo me engolir esse fogo
Me incendiar todo o ventre

Eis que me derreto toda
Num frenesi incontido
E me vem uma moleza tonta
Depois do meu último grito...

regina ragazzi

Sem comentários: