Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

no reverso do meu verso

no reverso
do meu verso
existe uma palavra
pronta para gritar
existe a esperança
de a libertar
das mãos
escorre o silêncio
que ganha voz
ao entrar no poema
que segue como hino
pela vontade de o cantar
no reverso
do meu verso
nasces tu
em água cristalina
no aroma de uma rosa
no desejo de amar.

Vanda Paz

Sem comentários: