Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 21 de julho de 2012

Rosas brancas



O meu jardim
já quase
não tem flores!


Duas rosas brancas
crescem para meu encanto
Preocupo-me
com o seu crescimento,
dou-lhes amor
como alimento!


Fiz crescer
três rosas amarelas;
uma,
todos os dias
me acompanha
e abre
suas pétalas de amor
e sempre virada para o Céu!


As outras
não me acompanham
no seu tratamento!
Estão recolhidas,
entristecidas,
por vezes,
envergonhadas!


Rosas amarelas
que cuidei
e cuidarei!


Ando por aí,
visitando
e apreciando
os jardins dos outros…


José Manuel Brazão


Conversando um dia com a Poeta Vóny Ferreira sobre "Flor do amor" ela confessou gostar de rosa branca!
Ao publicar lembrei-me de dedicar em pensamento à Vóny!



Flor do Amor!
Rosas,
sempre rosas!

Flor
que me acompanha:
branca,
vermelha ou amarela.
Flor da sedução:
vermelha
da paixão;
amarela
da saudade
e branca
da pureza!

Flor
que dou e recebo,
na doação de amor!

Flor dilecta
dos meus encantos,
flor predilecta
quando penso
nos meus Netos
e nas outras crianças!

José Manuel Brazão

12.abr.2009

Sem comentários: