Outros Blogs do meu grupo:

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Janelas da tua alma




Olho para ti,
fixo teus olhos
e vejo eles sorrirem
e nesse brilho
janelas se abrem
e levam-me até à tua alma!

Aí contemplo-te
na Mulher de amor,
que tudo me dás
com os mais belos sentimentos
mais nada sobrando
perante a tua entrega
com amor ao amor!

José Manuel  Brazão


Ana Bailune disse...
Um doce poema, para começar bem a manhã!

1 comentário:

Ana Bailune disse...

Um doce poema, para começar bem a manhã!