Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Ainda não é hora... me escuta... me escuta...


Ainda não é hora, nem tão cedo será
Abre a janela, olha lá fora...respira...
Não desista, não desista da vida

Ainda não é hora, nem tão cedo será
A gente ainda nem se encontrou
Para ouvirmos juntas o Freddie cantar
E nem você me mandou aquela música do Raul...
A gente ainda não foi ao cinema, nem ao teatro
Você nem me levou para almoçar
Nem para passear em São Paulo

Ainda não é hora, nem tão cedo será
Quero sentar com você no chão da sua sala
Falar de poesia, do Quintana, da Clarice, da Cecília
E a gente ainda não filosofou ... coisas que só a gente entende...rs

Ainda não é hora, nem tão cedo será
Não te contei tudo sobre Paris, ainda preciso te contar
Te disse que foi a primavera mais linda que já vi?
E como tudo lá é romântico demais?
Você não viu todas as fotos....

Hei... vamos dar uma volta pelo seu bairro
Vamos juntas ao supermercado, a padaria
Vamos comprar seus cigarros... (arreeee)
Eu juro que deixo você fumar perto de mim
Mesmo eu ficando com falta de ar...

Hei... ainda não escrevemos uma poesia juntas
Eu não desisto nunca... ela ainda vai sair...

Hei... tá chovendo aí?
Aqui chove sem parar
Aqui tá chovendo demais
Aqui não para de chover.....
Está chovendo em mim agora

Ainda não é hora, nem tão cedo será
Eu sei que você não gosta, mas posso rezar
Para Deus te curar??

Hei...estou aqui
Me chama e eu vou
A qualquer hora, a qualquer momento
Me liga... fala comigo

Ainda não é hora, nem tão cedo será
Hoje é domingo, está um dia lindo
É verdade... está chovendo demaisssss
Mas o dia está lindo...é domingo...

Hei... vamos contar piadas?
Hoje quero rir muito
Vamos ouvir aquelas músicas bregas
que eu adoro...
Nossa... que saudade...

Ainda não é hora, nem tão cedo será
Preciso de você para me acalmar
Para me mandar muitos beijos seus
Para dizer : "Tenha um dia lindo.."

Hei... não sei mais o que dizer
Só queria dizer... que te adoro demais...

Ainda não é hora, nem tão cedo será
Viva... Viva...Viva...

regina ragazzi

1 comentário:

Ana Bailune disse...

Um poema tocante da Regina... lembrei-me de um tempo (há bem pouco tempo) em que eu estava agoniada, pensando a mesma coisa, tentando acreditar na mesma coisa. É horrível, a morte é a pior coisa que pode acontecer - não a nós, mas a quem amamos.