Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Eu sonho...

Sonho pela vida
que não tenho,
que procuro,
e que luto
neste silêncio
que me acompanha!

Sonho
com a família
dispersa, distante,
com a saudade constante,
de um homem
que disfarça ser feliz!
Que vive angustiado,
dando amor
aos que se lembram dele,
lhe aliviam a dor,
o acarinham, o admiram,
o amam,
fazendo esquecer,
as sombras da vida!

Sonho
com a felicidade,
que bate à porta
de cada um
e que um dia
encontrará
minha porta aberta,
para viver em paz
o resto do meu caminho!

José Manuel Brazão

Meu amigo Zé mais uma vez aqui venho por uma boa causa.
Comentar este poema, sabe torna-se dificil...
Que a vida lhe dê tudo de melhor...amor, amizade, carinho, muita saúde que bem o merece. Um Homem assim só pode ser merecedor de tudo isto e a esperança é a última a morrer.
Receba de mim sempre a minha sincera amizade.
Beijo grande.
Luisa Martins

Sem comentários: