Outros Blogs do meu grupo:

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Sussurro da saudade


No sopro do vento vou percebendo
Já não existe uma penumbra no olhar
Nem nuvens sombrias de pensamento
Somente uma leve brisa a me tocar.

Murmúrio que vou decifrando
Que são ecos de saudade...
Na seda do silencio vou viajando
Perdendo-me da realidade.

Adentro na melodia do sentimento...
Onde aflora um céu de palavras ausentes
Segredam em um único momento
Um horizonte de sonhos presentes.

Ondulas suspiros de emoções
Que na alma vou sentindo...
Retina gotas de solidão
E em lágrimas vai caindo.

Assim imersa vejo a luz do teu olhar
Que vem acalmando meu sentido
E percorro condenada a te amar
Na busca deste sonho perdido.

Belarose

1 comentário:

BELA FLOR. disse...

Boa tarde,Zé!Que amigo que gostou,grata pelo carinho!Beijos