Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Enquanto durmo...


Enquanto durmo
Cai um orvalho na flor
O vento passa num sussurro
Num doce cantar...

A lua ainda não se deitou
Nem vai se deitar tão cedo!
Ela é a musa
Quantos poetas nela
Essa noite vão se inspirar...

Enquanto durmo
A rua está quase deserta
Quase...
 Vez em quando alguém passa por lá
Alguém chegando de uma festa
Alguém indo trabalhar...

Um cão notívago late
A noite inteira
Procura companhia
Na noite fria...

Enquanto durmo
Uma meia luz
Dentro de um quarto
Um casal acordado...

Em outro
Uma janela aberta
Uma cortina aberta
A flor na janela
É primavera...

Enquanto durmo
Silêncio e escuridão
Não vejo a vida passar
Mas eu sonho...

E no meu sonho a vida passa
Cheia de luzes e cores...
Enquanto durmo
Não tenho pressa de acordar...

regina ragazzi 

Sem comentários: