Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 8 de setembro de 2012

Assim: Eterno!


DOCE AMOR

Fiz um pedido em silêncio,
na fonte dos desejos,
murmurando baixinho
seu nome.

Ouvi o canto dos pássaros
que alegres teciam seus ninhos
e desejei que você
fosse um dos passarinhos.

Senti o cheiro das rosas
que vermelhas enfeitavam o jardim
e se abriam alegres
ao ver você sorrir.

Abri meu coração
deixei a saudade sair
para sobrar mais espaço
pra você fazer morada.

Vesti o céu de estrelas
que cintilavam suspensas no ar
para iluminar o caminho
por onde você passaria.

Tudo pra vê-lo feliz
sabendo que o meu amor
era bem maior que o universo,
Um amor assim:  Eterno.

Sueli Rodrigues

Sem comentários: