Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Gozo-me

Entrego-me descaradamente
a um momento insano
onde a minha alma paga
para me ver nua de ti.

Gozo-me!
Ridicularizo
momentos fingidos
onde a espera torna o momento
eterno de dor.
Deixo que o tempo me abrace,
que a véspera me beije
antes que o amanhã chegue
e tu não venhas, mais uma vez…

Depois,
recolho-me no dia seguinte
cheia de nada
mas vestida de lágrimas de ilusão.

Vanda Paz


Sem comentários: