Outros Blogs do meu grupo:

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Por te amar tanto!

Noites agitadas que passo
com tua imagem presente.
Relembro a tua vida,
a nossa vida:
que já não é como antes;
acompanhavas-me,
escutavas-me,
parecias feliz!

O tempo avançou,
nuns dias pareces triste,
atormentada,
noutros, pareces serena,
como se tudo estivesse bem!

Por te amar tanto
minhas noites são agitadas,
não descanso
por te ver assim,
por estares longe de mim,
por não ver teus olhos:
que me escondem
o que te vai na Alma!

Por te amar tanto,
meus braços estão abertos,
para conforto do teu corpo
e do teu amor!

Por te amar tanto…


José Manuel Brazão

Sem comentários: