Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Breve

           Poeta Honorária deste Blog

Trago segredos nas pontas dos dedos
e não tenho corpo para os deixar.


Trago dunas de memórias inquietas
e o horizonte não chega para as acalmar.


É tão breve
a essência do mundo no infinito do teu olhar.


É tão grande
o meu peito quando se abre dentro da palavra.


Tocas-me no silêncio
que a minha boca encerra
e beijas subtilmente o meu desejo de te ter.


Vanda Paz



Sem comentários: