Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Clave de ré

Paro diante da minha janela
e observo atentamente a multidão.
Não sei se todo o mundo me esqueceu,
se eu esqueci do mundo.
Quero voar,
mas não tenho a direção.
Seguirei o meu caminho,
ainda que refaça o percurso
sacudindo as minhas asas .
E no espaço sem compasso,
Pautado no coração
numa clave de Ré,
nascimento e inspiração.

Rosana Souza.
Poeta residente


Imagem: Marilin Guilhon

Sem comentários: