Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O que sinto e o que vejo!


Sinto em mim
uma tristeza presente,
que não me abandona
e não sei porque chegou
e se instalou!

Sonhei muito,
vivi ainda mais
e não defendi
a minha mente
das ilusões criadas,
no acreditar fácil
e na ingenuidade
que não tem idade.

Vejo em mim
trilhos para caminhar,
sem saber o que viverei
para virar minha Vida
e sair deste anoitecer
esperando e acreditando
num novo amanhecer,
que me leve a tristeza
que vive em mim!

José Manuel Brazão

Sem comentários: