Outros Blogs do meu grupo:

domingo, 10 de julho de 2011

"Ter ou não ter, eis a pressão"


São tantas e tantas pessoas com quem converso que questionam-se o tempo todo: O que é melhor, ficar sozinho ou ficar com alguém?  Na verdade, o questionamento deveria ser " ter ou não ter alguém". Digo isso porque hoje o que se vê é  egoismo, interesse próprio, e não amor. E o amor de que falo é aquele incondicional. Isso. O mais excluso, impraticado e sublime amor incondicional. Esse "amor" que andam praticando é cheio de condicionais. Se ele isso... Se ela aquilo...se...se...
Fora a pressão da sociedade: idade=valor, para cada idade, uma obrigação e da adolescência em diante, a obrigação de casar, ter filhos, ser um bom profissional.
 O melhor mesmo é ter um amor assim, livre de regras, alarmes, do outro...
E pleno de sentido. E não de ter tido.

Luciana Silveira






Querida Lu
Um regresso em grande força.
Muito sucesso.
Beijo do ZÉ



1 comentário:

Paula Moraes disse...

Muito legal o texto...O amor atualmente é mesmo um pouco mais complicado, mas aiinda é amor...=)
Bjs