Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 12 de julho de 2011

Como uma ponte

Vivemos tudo
o que havia em nós,
tudo o que sentimos,
a paixão, o amor,
a ajuda solidária,
que precisámos
e nos completou!

Vivemos
momentos felizes,
vendo as rosinhas florescer,
cuidando delas com amor!

Essas imagens de Vida
que rolam sem fantasias,
mas com a verdade
que demos um ao outro!

Hoje sereno
da vida que te dei,
vejo-te feliz,
por chegares
ao ponto de encontro
do teu caminho!

Assim
me senti
como uma ponte
entre o passado e o futuro
que te ajudou 
a encontrar o que merecias:
uma plena felicidade!

Em caminhos paralelos,
nunca nos perderemos 
de vista
e nos preocuparemos
com o futuro de cada um!

Tu aí
e eu aqui,
como sempre de braços abertos
pedindo 
a nossa protecção divina!

José Manuel Brazão

você é um amigo que quero que seja mais chegado que um irmão.
Um amigo mais que especial pra mim.

Nanda Costa

Um dos poemas que mais amei criar.

Tão tranquilo e sereno por contribuir para a felicidade de alguém: tudo dar e nada pedir!

A AMIZADE É A FORMA MAIS PURA DE AMAR.

Beijos e Abraços do ZÉ

Sem comentários: