Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 16 de julho de 2011

Porque vivo em angústia?

Open in new window

Na sala de trabalho onde concentro o meu “mundo da criação de textos” muitas vezes dou comigo a reflectir com o que passa nos diferentes sectores da Vida: a ausência de paz, amor, tolerância, compreensão e tantos outros sentimentos…!

Fico triste, perplexo e chego à angústia!

Ao longo de muitos anos escrevia e usava palavras esperançosas, mas com tanto “caminhar” na minha vida já se me torna difícil de vestir as palavras de uma forma menos traumatizante e menos frustrante!

Sempre entendi que a minha missão de escritor seria a de levar até ao leitor temas de encanto, beleza, o amor verdadeiro e tudo o mais que após uma leitura a pessoa sentisse uma “terapia” para a vida diária!

Com a angústia que sinto no que vejo e ouço já tenho dificuldade de “despir o fato” do cidadão e ser um escritor “fechado” na sua missão de criador de ideias!

Tudo isto, porquê?

Pela tal angústia de ver um Mundo que não é o meu, mas que tenho de conviver com ele!

José Manuel Brazão

É caro amigo José Manuel o escritor é o porta-voz dos sentimentos das pessoas, do mundo. A realidade é crua e cruel, todavia, é preciso sempre acreditar que novos dias virão, ainda que o peso das intempéries sejam gritantes. Acreditar e fazer o nosso melhor sempre, pois nada no mundo importa (ainda que tudo desabe..) do que o amor que carregamos e transmitimos aos que nos cercam. E tu transmite isso pois és escritor na alma e no coração, queira ou não...Deus dá "asas" as mãos de quem Ele quer..hehe!! Parabéns!! Boa noite, um grande abraço,
Suziley.



Open in new window


Sem comentários: