Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Deixo a vida me levar

Deixo o tempo
esquecer as mágoas que vivi,
os desenlaces que superei,
as lutas que travei.

Deixo o tempo
lembrar as alegrias que vivi,
as tristezas que superei
e este amor que sempre viverei!

Deixo o tempo
fazer-me acreditar
em tudo o que não vejo,
mas sinto...

José Manuel Brazão

Querido amigo, Zé.


Significante demais teu texto.
Senti como se fora meu...
Tbm estou acreditando no tempo, querido,
que é benção de Deus, porque
segue curando feridas, aliviando dores.
Sinto-me fragilizada com tantas perdas,
porém não me perdi de mim.
Volto devagar, mas sempre...
 Noite de paz, anjo amigo.
Beijinho
Glórinha
Gloria Salles

Sem comentários: