Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 23 de julho de 2011

VANDA PAZ: a Poeta Honorária deste Blog

Há palavras que se sentem. Outras que se saboreiam e outras que se cheiram, formando um conjunto complexo onde se pode apreciar o seu verdadeiro “néctar”.

... Pensava ver o rio voltar à nascente, como sonho, que morre mesmo antes de nascer. Como lágrima que cai antes de doer. Sinto a acidez do momento errado, o secar da garganta que se afogou em bebedeiras de amargura. Entorno palavras, derramo frases sobre o teu peito descuidado, distraído de mim. Ofereces-me passeios no teu jardim onde nascem palavras brilhantes em canteiros de saudade. Eu aceito, mas vou só… canto a vida ao vento e roubo-te as pérolas douradas que nascem das tuas árvores e deito-as ao rio, confirmando que ainda deslizam para o mar. Deito-me a teu lado e oiço-te correr.
Vanda Paz

"A beleza existe em tudo: tanto no bem como no mal. Mas somente os artistas e poetas sabem encontrá-la."
Charles Chaplin

Com a tua humildade e sempre que falamos, nota-se pudor em te considerares uma poeta da primeira linha dos contemporaneos. A tua atitude é bonita, mas não representa a realidade da tua obra.

Vanda minha Amiga-irmã está desde a primeira hora neste Blog que ajudou e muito no seu prestígio. Durante anos foi a Poeta residente principal e nesta hora estará na galeria de honra como a POETA HONORÁRIA DO BLOG, qualificação que já merece há muito, mas todo o tempo é tempo!
José Manuel Brazão
Beijos de mim 

* A única dupla de poemas em que 
apareço com Vanda Paz até ao presente *

"POETA"
Trazes a poesia enraizada
em terra de palavras,
regada de sentimentos
e ansiosa de musas inspiradoras
que te alimentam o ego
e te fazem forte como árvore
que não verga com os ventos.

Mas as lágrimas
são a poção mágica
de tudo o que é mais belo.

E o sorriso
o barco que te leva
o poema à volta do mundo.

Vanda Paz

[....]

Vives, escreves,
usas as palavras,
sempre,
sempre com o coração!
Mulher de paixão,
sonhas a vida,
com magia, alegria,
sempre com o coração!
Amas
o som dos pássaros,
amas
o som do mar,
envolves-te com as ondas,
abraça-las com amor.
Amas
o horizonte,
as pessoas …
Acaba o sonho!
Vem a ilusão …
Viverás
sempre com o coração;
coração poeta …

José Manuel Brazão

Sem comentários: