Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Ilusão!


Hoje sentada ao piano dedilhando
muitas notas musicais
fui compondo minha estória
e a saudade que me presenteia
com esta dor da tua ausência
me leva a escrever poemas na canção...

Embriago-me com as palavras e a vida que
é quase um nada sangra minh'alma
nos versos de amor ...
Minhas mãos impacientam-se...

Escuto o som no sussuro do silencio
cerro meus olhos e mergulho nos teus
completamente inebriada de paixão!

Eu te amarei até as estrelas sumirem no céu
E haverás de estar lá...através das nuvens
vejo o teu olhar em meus sonhos agonizantes...

Acordo e na minha alucinação pressinto
seres tu o pequeno ponto de luz lá longe...
além das montanhas...atravessandos rios
e oceanos...sorrio aos meus delírios
acreditando ...mentindo para mim mesma!

E volto á canção agora com mais sustenidos e
muito mais paixão voando livre no poema canção
e sigo flutuando ao acaso...e alcanço as estrelas
com um breve toque de minhas mãos ...

Celina Vasques


Sem comentários: