Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Se puder eu volto...



Passeio meu corpo
por esse areal, com meus pés
beijando esse mar imenso,
recordando outros tempos
em que meu coração
atravessava esse mar infinito
para estar junto de ti!

O tempo nunca parou
e nesta travessia com amor,
nada me impedia
de voltar sempre!

Imensas saudades
desse tempo assim,
esperando pelo amanhã
e no adeus dizendo:
se puder eu volto...

José Manuel Brazão

Sem comentários: