Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

LÍRICA, de Beatriz Prestes com complemento de Renato Baptista

Eu morava num castelo
Daqueles com jardins europeus
Com suas torres mirantes
Apontando para o mar
Mostrando tua breve direção
No ar, bramia um ruído salgado
Rompendo brumas
Cortina branco esverdeada
Chegando e me abraçando
Rompendo as escadarias
Que rangem abandono
Aniquilando a escuridão
E sua eloquência insistente
Hoje vou além dos limites
Do meu bloco de escrever
Das folhas mordiscadas
Feridas por mim
Na minha total impaciência
Linhas brancas, como colunas
Onde me atiro ávida
De ser tomada com paixão
Ávida de um porto seguro
Como quem se atira em terras vazias
Ainda não conquistadas
Procurando caminhos
Ou uma pequena palavra dos deuses
Que dissolva minhas angustias
Como açúcares breves
E vou tentando poesia leve
Daquelas que dão seus recados
E aguardam respostas
Para que eu possa viver
Este nosso amor com vagar
De forma ardente e que marque...
Que pareça dança, roda girando
Vento que sopra, ritmo que aumenta
Que seja você com este teu jeito
Muito me amando

Beatriz Prestes

___________________________________________

Doce como o vento
Que lambe os lábios tenros
Claro como a luz do sol que nasce
Infinito como o céu que contemplamos
Seguem versos de amor que cantam a alma

Pura alegria do saber
Desnorteada dança nos mostra
O que veio de tão longe e permanece
Amor paixão perfeito e acelerado, clássico
Que se mostra eterno, alucinante, encorajado.


O poema de Beatriz brilha no horizonte como chama colorida e transcende aos padrões usuais do que se pode chamar de poesia... seria psicografia o nome? Não sei, mas sei que nas figuras de linguagem e na exatidão dos versos desencadeados ela coloca uma obra-prima.
Muito lindo! Mas muito lindo mesmo!... apaixonante, eu diria.

Renato Baptista

Beatriz e Renato
em participação especial
neste dia de aniversario 
do nosso Blog!
Abração do ZÉ

Comentário de Renato Baptista 
Zé... obrigado pela honra de participar mais uma vez do conteúdo da sua casa... é mesmo uma honra enorme receber esse presente, e olha que o aniversário é seu...rsrsr. Seis anos de poesia pura em um lugar tão especial... é coisa para poucos isso, sinceramente.
Parabéns pela data e que você continue o seu trabalho tão lindo e especial.
Obrigado, mais uma vez, pela sua generosidade.
Abração*


Comentário de Beatriz Prestes 
Zé, amigo querido!
Mais uma vez, estou emocionada e surpresa!! rs
Nossa, meu amigo! Que honra estar presente no "NO CAMINHO DAS EMOÇÕES", ainda mais numa data tão significativa e especial!!
Obrigada Zé...é realmente um privilégio, tremendo presente!
MUITO OBRIGADA meu amigo!!!
Tua generosidade é imensa, e tua amizade extremamente importante para mim!
Beijão com imenso carinho
Bea


Sem comentários: