Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Olhos que confessam!


O que meus lábios não dizem,
meus olhos confessam

Quando sussurras palavras de amor,
o desejo em meu corpo é evidente
e em ti escorre a libido latente

Das palavras que excitam o meu seio,
a boca transborda em gemido alucinado
em teu corpo, labirinto do pecado
as unhas marcam a pele com vontade

Ah, quanta vaidade de palavras!
a boca que deseja dizer tudo,
acaba por não dizer nada
já os olhos falam tanto, 
que lhe faltam as palavras...


Anna Carvalho

  
[....]

 Teus olhos
me fascinam,
me encantam,
eles confessam!

Teus olhos
falantes,
estonteantes,
sorriem
e cria em mim
a esperança
do nosso bom viver!

Teus olhos
são mesmo
o espelho da tua alma!

Eles reflectem
bondade,
generosidade,
amor,
muito amor!

Com uns olhos assim,
resisto a dizer:
que bom seres
o amor da minha Vida!

José Manuel Brazão

Sem comentários: