Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Natal sem crianças por perto!

Noite fria,
silenciosa,
eu aqui
de corpo gelado,
mas o coração quente!

Penso,
penso muito
em noites destas,
que passaram
e não ficaram!

Penso muito
nos que partiram,
e nos que ficaram!

Penso ainda
nos que estão longe,
que me apetecia beijar,
dizer-lhes
quanto os amo,
quanta saudade
que corre em mim!

Natal
após Natal
e não verei,
quem queria!

Olho fotos
os meus olhos
sempre postos
no sorriso
de crianças…

Uma lágrima corre,
molhando a angústia,
a tristeza
no vazio do meu coração!

José Manuel Brazão



* O Poeta para além da inspiração precisa de imaginação  para expressar situações na Vida!

Sem comentários: