Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Poeira ao vento

Quem inquieta a Vida,
 colhe tempestade.
 Perde-se no caminho
 e  será poeira ao vento!

José Manuel Brazão

lfracalossi Versos inteligentes... poema completo e perfeito.
Muito real e verdadeiro também.
Beijos cá de Campo grande
Lou



Sem comentários: