Outros Blogs do meu grupo:

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Agradecimentos

Que
maravilha
os poetas fazerem
minha alma sorrir;
sorrindo esbanjo alegria
e essa alegria não é minha
ela é o conjunto
de todos os poetas
desta doce casa
a aglutinar mesnsageiros,
isto mesmo
poetas (mensageiros)
de corpo e de alma
se entregam
aos vocábulos, e eles;
dançam , dançam, dançam
feito Davi dançando
unigidamente
E
em meio a dança
bandeiras tremulam
unindo países
neste sentido
viva a Casa da Poesia
e viva Portugal
tão bem representado
por ...emoção...Amartvida (Nina)
citar este nome para mim
talvez nem todos que lêem
irão compreeender
mas os poetas mais antigos da casa sim
do empenho e dedicação em forma de estampidos
ilimitáveis de versos em forma de solidariedade
versos em forma de lágrimas
versos feito bênção de compreeensaão
versos que curam feito milagres
uma poetisa regida pelo sobrenatural
aleluias, aleluias aleluias
que da Europa (Lisboa)
feito dois mares em uma canoa
Manuel Brazão
a bordo, homem digno
do mérito, um verdadeiro sentinela
dos vocábulos que o permeia
em cilindricas e cônicas inspirações
nos regozijando; um beijo humano
neste cérebro brilhante
no mais a todos os poetas
que aqui estivemos unidos
feitos pacifistas, feito irmãos
de mãos dadas
deixo o meu beijo
suave, leve, intenso, doce
na face de cada um
como retribuição
por todo carinho a mim
mencionado
Renato e Bea
que aos meus olhos sorria
em palavras não dá para retribuir
mas, em poesia sim
beijos.
Luiz Mário da Costa

Sem comentários: