Outros Blogs do meu grupo:

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Desejo apenas...

Sonhei com um lugar
somente nosso,
onde vivessemos
olhos nos olhos
os silencios
dos nossos pensamentos.

Uma distância que nos separa,
uma vontade que nos aproxima,
um desejo que nos une!

Cada dia que passa
existe ansiedade neste viver
em que sabes
que o meu coração é teu.

E junto de ti
apenas desejo,
que o meu sorriso final
seja em teu braços ficar!

José Manuel Brazão




- "Uma distância que nos separa//Uma vontade que nos aproxima" Manuel, estimado amigo, gostaria de um dia poder ter um livro seu, com todas essas pérolas (feito ostra) poéticas de tuas mãos, aí sim! no dia em que eu tiver de entrar num caixão, e ir para o além, por favor não joguem flores e sim livros de poesias, incluindo de Manuel Brazão, este poeta que faz dos vocábulos, palavras em ação. Mário Bróis.

Mário
 Deixou-me sem palavras... Parei por momentos; sou muito emocional!
Abração do


Sem comentários: