Outros Blogs do meu grupo:

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Alegra meu coração!

Andei triste,
nem a voz do coração
se ouvia,
nem o seu pulsar
sentia,
apenas
o eco das tuas palavras
parecendo sonhar!

Não era sonho
mas a vida girando
em nós girando,
num despertar do coração,
que me levava a ti
e olhava para as palavras
suadas de amor
e meus olhos
fixaram um verso:
alegra meu coração!


José Manuel Brazão

Sem comentários: