Outros Blogs do meu grupo:

sábado, 24 de setembro de 2011

Há caminhos por percorrer

Tonificado sentir
entre a seiva da poesia
se empolga a cada hora
desgastando sorrateiro
o sofrimento atroz
e as vestes do silêncio
onde desabam os sentidos
pela infinidade dos tempos

Apaladada sedução
de intercâmbio empolgante
se mistifica a rigor
sem vestígios contemplativos
no socalco generoso
que culmina no esplendor
entre o norte da esperança
e o sul da liberdade

Desvanecem-se preconceitos
em partículas de fulgor
traços de outros desenhos
ou empenhos figurados
na mostra do encantamento
ficcionado ou inventado
pelas ruas mutiladas
quase todas sem saída

Ressurge a perfeição
telepatia sem ter apelo
que inteira sensações
entre outros conteúdos
na espera de um abraço
ou num aperto de mão
que no gosto de outro espaço
intensifica tanto amor

Entre os filtros já rareia
o prazo da comoção
e de tantas emoções
que jamais retornam à tona
nos rios do desespero
mas revoltas essas águas
se libertam sem ter medo
exultando tanta esperança

António MR Martins

Sem comentários: