Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Não sei para onde vou...

Não sei para onde vou,
só sei que seja um sítio,
com paz, harmonia
e amor.

Que se acabe a dor
que trago dentro de mim,
que volte a alegria
e que deixe para trás,
as tristezas, as angústias.

Que relembre:
os momentos bons
a quem dei amor,
em troca de nada.

Estar bem comigo
e com Ele …

José Manuel Brazão

* Após um longo caminho ainda me pergunto se estarei no caminho certo. *



[...]

Nunca sei para onde vou
Sei que tenho o caminho
Nada sei do fim
Sei que o caminho é longo
Do caminho que pisei
Sei das esperanças
Dos rios que limpei
De impurezas do tempo
Fiz pontes, atravessei
Para o outro lado
Os amores deixei
O Amor aprendi
Sei qual o caminho
Não sei o fim

Não quero o passado
Nem os momentos percorridos
São outros caminhos
Ser agora comigo
Em harmonia e amor
É estar com Ele
É estar com o mundo
É a alegria do agora
É este o caminho.

Manuela Silva


* Em tempos a nossa Colega e Amiga Poeta Manuela Silva em resposta ao meu poema presenteou-me com este de sua autoria. *

Sem comentários: