Outros Blogs do meu grupo:

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Celina Vasques - Lição de humildade

Celina uma grande Amiga e igualmente grande Poeta Brasileira; desde que nos conhecemos neste mundo da Poesia que tem grande admiração por mim e usa um mimo comigo de ZÉpoeta!

Hoje num acto de humildade - pertença de grandes almas - entendeu publicar-me através da sua Amiga Maria Catherine Rabello  
http://www.jornaldacidadeonline.com.br/
onde apresenta o meu poema "Amor solitário" no Jornal da Cidade no Brasil e daí em diante fui sempre publicado e também com as minhas parceiras em duplas de poemas.

Na verdade, não esquecerei este gesto de Celina Vasques e apresento neste espaço o seu poema "Sonhando" um dos que mais gosto!

Beijos Celina
do ZÉpoeta


Sonhando

Uma luz entra através da janela
é o brilho da lua
Arrepiante....sedutora....extasiante
transportando-me ao infinito sonhador!

A vida é feita de sonhos....
só quem viveu muitas vidas tem a sabedoria
para vive-los e realiza-los nesta vida!

De repente
Sinto o teu doce sabor no meu ser
teu toque na minha pele
teu carinho e amor em minh'alma...

Procuro-te com as mãos
tateando o travesseiro...
o silêncio...o vazio...
ali apenas o teu cheiro!

Profundo Silêncio....
eu continuo sonhando...enquanto
a lua brilha através das nuvens
o vento abre e fecha as janelas
e ilumina teu rosto ...
e o mundo inteiro se enche de luz!

Celina vasques

Amor solitário!

Amo-te
solitário no meu viver!
Não importa se me amas,
se ainda me amas!

Amor
trás sofrimento,
não lamento.
Apenas relembro
para matar a saudade
da minha entrega
sem nada te pedir!

Apenas
sereno a alma,
de dar tudo
que existia em mim!

Paixão,
compreensão!

Que restou:
um corpo com
as marcas do amor
que levarão tempo
para desvanecerem…

O que ficará…
Um amor,
um grande amor,
que se tornou
num amor solitário!

José Manuel Brazão

celina vasques disse...
ZÉPOETA , meu Poeta querido, olha eu estou muito emocionada com tua homenagem, não sei nem como te dizer que estou muito feliz...muito!
Mas devo dizer-te que a honra é do jornal poder publicar teus poemas belissimos, e não sou eu quem publica e sim minha amiga Catherine, apesar de que aponto os poetas que pra mim são IMORTAIS, verdadeira FERAS DA LITERATURA POÉTICA!
E eu querido amigo poeta te considero um ícone da poesia e não por generosidade e sim por sentimentos...eu sinto isso desde que li no Luso Poemas teus versos tão lindos umas vezes de felicidade, de alegria, outras de paixão de sofrimento, saudades!
Obrigada amigo ZéPoeta quero poder continuar lendo teus versos lindissimos e poder partilhar de tua amizade tão importante na minha vida!
Te adoro Zé!
beijos meus!
Celina

Sem comentários: