Outros Blogs do meu grupo:

domingo, 4 de setembro de 2011

Bom dia, Vida!


A aurora aconchega
o termino das brumas,
nevoeiros que se apagam
nos tons róseos nascentes…

Os passos do destino
percorrem mais um vértice
no despertar das horas tardias…

O canto dos colibris
afagam nuances
da íris castanha,
cresce a luz a cor e o som
da natureza…

Os aromas da terra mãe
fervem nos beijos da lua,
amortalham-se em sonidos
no silêncio que os lábios vestem
num sorriso mudo
a vociferar,
bom dia, vida!

Eu aqui e tu em mim
para mais uma etapa
desta longa corrida…

Ana Coelho

Sem comentários: